26/11/2015
Compartilhe este artigo

Manter um blog a produzir constantemente conteúdo de qualidade não é uma tarefa fácil. Ter uma frequência de posts semanais ou diários sobre o seu negócio requer esforço, tempo e dedicação. E como ter tudo isso com uma equipe  pouco experiente e muitas vezes sem tempo.

Aqui, falaremos sobre o papel do editor. É ele quem terá perfil para construir conteúdo de qualidade e com frequência para o seu blog.

Um blog de sucesso é feito de conteúdo

O conteúdo é chave na construção de um blog. Uma vez que, quando falamos em conteúdo, levamos em conta dois aspectos: o foco e a frequência.

Foco em assuntos que tenham relação com o seu negócio e frequência nas postagens do blog.

Ninguém é respeitado como conhecedor de um assunto se escrever um post e depois deixar o blog de lado. É escrevendo bem, dia após dia, que sua empresa consegue alcançar uma posição de autoridade perante as outras empresas que não se esforçam tanto quanto. É a frequência que deixará o seu blog na cabeça do leitor.

Assim, ter alguém responsável pela finalização do conteúdo do blog se torna uma forma muito eficaz quando o foco é aumentar a garantia que o calendário de publicações seja seguido e o material tenha conteúdo suficiente para o leitor voltar a investir o tempo dele lendo o que o seu blog produz.

A revisão diminui o número de erros em um texto

Acontece que, como o tempo, muitas vezes, é escasso dentro de uma agência, as empresas acabam distribuindo a “obrigação” de escrever entre os funcionários.

Não que isso seja uma prática ruim, pelo contrário, assim cada profissional pode escrever com mais propriedade sobre sua área. Porém, há uma diferença muito grande entre apenas escrever e escrever bem para a web. E mesmo que alguns funcionários escrevam bem, o erro é inevitável e até eles podem acabar errando, podendo passar despercebido pelo autor.

O editor pode contornar esse problema, fazendo a revisão e as adaptações que julgar necessárias.

É papel do editor trabalhar também o conteúdo da melhor forma para torná-lo mais amigável, valioso e oferecer uma ótima leitura ao target.

Além disso é preciso estar atento as técnicas básicas de SEO como o uso de palavras-chave, links com textos âncoras, escrever um título ligado a URL, atributos de imagens, subtítulos, destacando palavras-chave.

É papel do editor do blog  relacionar o conteúdo com outros conteúdos publicados pela empresa, colocando links para outros conteúdos relevantes, como fizemos com as técnicas básicas de SEO.

A empresa deve focar em falar uma só língua

O problema da maioria das empresas é não ter uma linha de conteúdo e, apenas, ir publicando. Se sua empresa fala uma coisa hoje e amanhã aborda um assunto totalmente diferente, sugere que não é tão dominadora assim do assunto ou, ainda, transmite a ideia de não ter experiência o suficiente para sustentar uma opinião sobre o assunto.

Garantir que nenhum autor da empresa saia por aí escrevendo besteira é mais uma das funções do editor.

Crie um manual de conteúdo

Este manual vai conseguir unir todas as linhas criativas dos textos produzidos dentro da sua empresa.

Selecionamos alguns pontos que consideramos importantes para se ter em um manual sustentável para os seus posts.

Definir o tom da empresa que vai ser falado

Determinar quais são as personas da empresa

Qual o posicionamento que a empresa deve adotar

Que tipo de conteúdo está permitido publicar no blog

Que tipo de conteúdo não está permitido

Determinar qual a forma ideal de escrever os termos mais comuns do seu mercado

Como deve se fazer a pesquisa de palavras-chave para que seu post/texto seja encontrado com mais facilidade

Se esses pontos estiverem claros na hora de escrever o conteúdo da sua empresa, o tempo de execução investido no trabalho tende a diminuir bastante.

Garantir um compromisso

Esse é um dos papéis essenciais de quem trabalha como editor. Aqui, se torna necessário a execução de um mapa com listagem das ideias e dos temas selecionados por todos para a construção dos conteúdos a serem postados e transformar tudo isso em um calendário. E, mais importante ainda, fazer com que esse calendário seja seguido.

Algumas vezes, pode acontecer um terceirização do conteúdo, ou seja, o editor pode pedir para outros funcionários construírem o conteúdo, porém quem se torna o responsável pelo prazo final e pela qualidade do conteúdo no dia da entrega não é quem escreveu, e sim o editor. É papel dele gerir o tempo dos autores. Também deverá se prevenir com algum material caso algo venha a acontecer.

Mesmo que na sua empresa tenha vários autores, esses passos fazem com que qualquer funcionário consiga ler e entender o papel dele enquanto produtor de conteúdo, facilitando assim, o papel do editor na hora de viabilizar o texto na rede.


Compartilhe este artigo
São mais de 12 anos de experiência em Desenvolvimento voltado para internet, 8 anos trabalhando com Marketing Digital e uns 4 anos ajudando empresas a ter mais oportunidades de negócio com o Inbound Marketing.
Rafael Longo
Conheça o autor:

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *