20/03/2020
Compartilhe este artigo

O crescimento exponencial de casos do coronavírus (COVID-19) deixa muitos empreendedores preocupados.

Colaboradores, clientes, fornecedores, investidores: todo mundo está se perguntando “o que vamos fazer?” diante de um cenário incerto e pouco esperançoso. 

No meio de todo o caos, nos vem a pergunta: como eu vou manter minha empresa funcionando e minha marca ativa?

Afinal, seus clientes podem precisar, mais do que nunca, dos seus serviços agora, nesse momento. 

Nos últimos dias, reunimos todas as informações sobre gestão de crise e como o marketing digital e o inbound marketing podem nos ajudar, como marcas, nesse momento.

Trouxemos os melhores insights para você, nesse artigo. 

Não há tempo para negação. 

Se você tem uma pequena empresa no Brasil, você conhece o sentimento de ter um grande desastre acontecendo em algum lugar do mundo.

Ficamos surpresos, tristes, chateados, mas é algo tão longe da nossa realidade que nos causa pouco impacto a longo prazo. 

A história é completamente diferente agora. A confiança de que nossa marca ficaria imune às transformações sociais estão, diariamente, indo “por água abaixo”. Algumas empresas já começaram a ver os resultados negativos do coronavírus em seus negócios e metas. 

Precisamos reconhecer, como marketing e como gestores, o mais rápido possível, uma coisa: o coronavírus prejudicará todas as áreas da nossa sociedade.

Algumas marcas sofrerão mais do que outras? Sim. Mas nenhuma sairá ilesa. 

Já ouviu falar em gestão de crise? 

O que o coronavírus pode nos ensinar sobre marketing digital? | Fluxo

No marketing tradicional e digital, gestão de crise é um termo bem comum. Até pouco tempo, era quando aquele seu cliente ia até sua rede social e reclamava de algo pontual. 

Ou então, quando alguma marca tinha alguma atitude muito incorreta e uma comoção online acontecia.

Imaginávamos os colaboradores do time de marketing perdendo os cabelos por 1 ou 2 semanas. Isso era gestão de crise. 

A nossa gestão de crise agora é nova e muito mais desafiadora: precisamos manter o marketing, as vendas e o posicionamento das nossas marcas.

Mas como? Bom, separamos algumas dicas: 

Revise seu planejamento. 

Primeiro trimestre do ano. Sua equipe de marketing está com tudo colocando todo o planejamento feito lá em dezembro de 2019 para rodar e aí: coronavírus. 

É hora de revisitar esse planejamento e adequar todas as metas e números para a nova realidade.

Reveja o posicionamento do seu produto no mercado: ele é mais ou menos essencial para seu público agora? 

As prioridades mudaram com o COVID-19. Se você tem um modelo de negócio que utiliza como principal captação de clientes algo físico, com contato entre pessoas (uma loja de roupas, por exemplo), seu modelo de negócio PRECISA de ajustes, mesmo que por um tempo. 

Talvez o seu time comercial não atinja todas as metas. Elas precisam ser ajustadas. Esse é o momento de refazer os planos e pensar: o que é essencial nesse momento? Fazer uma análise SWOT do seu produto ou marca pode ser uma boa, levando em consideração esse novo cenário mundial. 

Não é hora de captar clientes, é hora de reter clientes. 

Ganhar dinheiro talvez não seja a melhor estratégia nesse momento. Evitar prejuízos, sim. Por isso, foco na retenção de clientes.

Destine esforços para esse ponto do marketing: nutrição da sua base de clientes já existente. 

Evite gastar energia e dinheiro em campanhas que visam apenas novos consumidores. Campanhas de aquisição, agora, só se forem muito assertivas para o seu modelo de negócio.

Caso contrário: se preocupe em estar perto de quem já está ao lado da sua marca. 

Se você já tem uma estratégia de Inbound Marketing, acione a sua agência.

Continue enviando para seus clientes a mensagem certa, na hora certa, com a linguagem certa. Fortaleça esse cenário e, mais do que nunca, seja RELEVANTE. 

Aliás, tudo bem se sua performance cair um pouco nesses próximos dias. A prioridade de todas as personas nesse momento pode ser a informação sobre o vírus e sobre os cuidados.

Tenha paciência e mantenha a consistência de conteúdo das suas redes, blogs e materiais educativos. 

Ajude seu cliente. 

O que o coronavírus pode nos ensinar sobre marketing digital? | Fluxo

Lembra todas as vezes que você ouviu que marketing digital é sobre conteúdo de relevância, não sobre vender algo? Esse é o momento que isso é colocado à prova.

Como sua marca pode ajudar o seu cliente em meio à crise? 

Nesses dias de coronavírus no Brasil, já vimos promoções, delivery, e-commerces fazendo ações malucas.

Mas e marcas que estão realmente colaborando para a situação, também tem? Tem sim! Vire seu olhar para grandes ações e veja como o caos nos pede calma e solidariedade. 

Companhias aéreas estão cancelando ou adiando voos de forma gratuita. Empresas de cosméticos estão destinando parte da indústria para a produção de álcool em gel.

As gigantes da tecnologia como Google, Microsoft e outras estão disponibilizando ferramentas para que pessoas consigam trabalhar remotamente, e ter informação de qualidade.

A GloboPlay irá disponibilizar conteúdos gratuitos para a galera assistir em casa. 

Eles estão perdendo ou ganhando? Quando a crise passar, quem irá inspirar mais confiança e credibilidade para o consumidor? Ser relevante continua sendo sua principal estratégia de marketing.

Ser genuíno e usar suas redes para isso pode atrair a atenção do seu público (se não agora, depois). 

Seu posicionamento de marca precisa valer dentro e fora da sua empresa. 

Não adianta seu marketing ser perfeito, sua gestão de crise ser 100%, se todos os seus funcionários ainda estão em um ambiente fechado todos os dias.

O momento também pede que líderes sejam líderes. Por isso, adote como estratégia de marca as medidas necessárias: 

  • Adote o trabalho remoto
  • Apoie a força de trabalho na linha de frente dessa pandemia, como socorristas e profissionais da saúde.
  • Se você é um gigante, apoie quem é pequeno. Se você é pequeno, una forças com outras empresas. 
  • Não realize nem fomente a participação em eventos públicos sociais de qualquer tamanho. 
  • Evite as reuniões presenciais. 

Inventive seu público, clientes e colaboradores a: 

  • Adotar medidas de higiene e prevenção 
  • Evitar os bares, restaurantes e reuniões em grupos 
  • Fazer o possível pelas pequenas empresas. 
  • Não super estocar produtos em casa.
  • Ter empatia. 

O marketing digital não para! Com os eventos sociais cancelados, é provável que o digital ganhe força.

Por isso, não deixe de investir e de estar presente nesse meio. 

Vamos nos adaptar e vamos seguir adiante. E por favor, fique em casa. Faça também a sua parte no combate ao coronavírus em nosso país. 

As leis da atração do Inbound Marketing

Compartilhe este artigo
Formação em Bacharelado em Informática e Administração. Sócio-fundador da Fluxo, agência de Marketing Digital. Inbound Marketing na veia. Tecnologia no sangue, resultado no suor.
Maurício Rech
Conheça o autor:

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *