24/01/2020
Compartilhe este artigo

Muito se fala sobre análise de métricas para desenvolver estratégias de marketing.

E de fato, dados são muito importantes no processo de desenvolvimento das ações, garantindo a efetividade delas. 

Mas é necessário entender que este momento está começando a ter fim. Pois agora, é a hora do Marketing humanizado.

Marketing humanizado e conteúdo humanizado. Estes são dois assuntos que andam muito em alta nas empresas e agências de marketing.

Afinal de contas, as mudanças que ocorreram com o tempo no mundo da propaganda, impactam diretamente o modo como as empresas se comunicam com as pessoas.

E mais do que nunca, essa muralha entre empresa e público, foi quebrada. Agora a comunicação é de pessoa para pessoa. 

Assim como a humanização nas redes sociais aconteceu, ela tomou conta de todo o universo digital, inclusive das estratégias de Inbound Marketing. 

Mas antes de falar sobre conteúdo humanizado nas estratégias de Inbound Marketing, é necessário compreender como todo o processo de humanização ocorreu. Então vamos por partes: 

Processo de humanização das marcas

O processo de humanização das marcas serviu como guia para o desenvolvimento do marketing humanizado. 

Mas isso, foi apenas um reflexo do comportamento das pessoas. O elemento que fez com que essa mudança acontecesse foi a internet.

Durante os anos em que o marketing tradicional imperava, ele era a ponta final para gerar a venda.

Já nas eras de publicidade online, o processo de marketing acompanha toda a jornada do cliente prospectado. 

E é exatamente neste ponto que entra o inbound marketing, já que ele se baseia no funil de vendas, e na jornada de compra. 

As pessoas não se interessam mais apenas no ato de consumir marcas. Elas querem viver experiências com estas marcas.

Precisa existir essa troca de conteúdo e relacionamento, caso contrário suas ações de marketing se tornam falhas. 

Esse processo fica ainda mais evidente quando buscamos entender as fases do marketing:

No Marketing 1.0 o foco da propaganda era sempre no produto.

Quando partimos para o Marketing 2.0 surgiu uma preocupação com o público que devia partir da marca.

Na era do Marketing 3.0, imersa no mundo digital, o centro de tudo se tornou o lado humano. Tanto da marca quanto do cliente. 

A humanização é muito mais do que uma tendência sendo vivida pelo mercado.

Se trata de um fator mais do que relevante na vida das pessoas e das empresas. 

Como isso impacta o mundo digital

O processo de humanização do marketing e seu impacto no mundo digital

A relação entre marcas e pessoas se tornou muito mais próxima através das possibilidades do mundo digital.

As redes sociais deram start nesse processo, mas não foi apenas ali que essas mudanças seguiram.

A internet facilitou a vida das pessoas, e uma vez que as marcas migraram para lá, elas precisaram entender que tinham que internalizar este papel também.

O Google se tornou um lugar onde as pessoas procuram por soluções.

E empresas possuem serviços ou produtos que funcionam como solução para as dores destas pessoas.

O marketing das empresas passou a ter que se preocupar com isso. Caso contrário eles não teriam espaço ali. 

Com a internet em jogo, o marketing digital deixou de ser um processo unilateral, e começou a se tratar de RELACIONAMENTO! 

Uma das maneiras mais conhecida de tornar o conteúdo mais humano, é o Storytelling.

Mas esta não é a única maneira, muito menos a mais efetiva de todas as estratégias. 

Inbound marketing e o conteúdo humanizado

Conteúdo é a chave de ouro de toda a estratégia de inbound. Foi o processo de humanização deste fator que fez com que o Inbound Marketing se tornasse a melhor opção para aproximar marcas e pessoas.

O Inbound é dividido em três etapas:

Todo o processo do Inbound busca gerar oportunidades de venda para sua empresa.

Por isso existe a necessidade de que todo o time de marketing trabalhe de forma alinhada com a equipe de vendas.

A geração de oportunidades gera mais venda. E oportunidades, assim como vendas, são números importantes para o sucesso de uma empresa. 

Mas estes números jamais serão alcançados se a aproximação entre marcas e pessoas, deixar de se preocupar com a humanização, do início ao fim do processo. 

Conclusão

Deixar de considerar a humanização das marcas no mundo digital, é um erro que não pode ser cometido pelas empresas. 

Pensar no marketing digital humanizado, desde o início da criação de sua estratégia digital, é a melhor maneira de ter bons resultados em suas ações. 

Analisar dados é muito importante, mas analisar e implantar o lado humano, é que vai gerar conexão entre sua marca e seu público. 

Quer fazer sua empresa crescer no mundo digital? Percebeu que está na hora de investir em Inbound Marketing?

Entre em contato com os especialistas da Fluxo para ter uma estratégia digital consistente para sua marca!

O processo de humanização do marketing e seu impacto no mundo digital

Compartilhe este artigo
Iara Picolo
Conheça o autor:

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *